Dieta emocional - como você tem alimentado a sua Vida?

Publicado em 08/02/2016

“Mente sã, corpo são”.
É a partir dessa máxima tão conhecida de todos que quero contar um pouco sobre algo tão necessário para nós: a Dieta Emocional. Esse assunto chega a ser até amplo e prometo discuti-lo em mais posts no decorrer dessas semanas. Agora, quero levar uma reflexão para você que é muito importante para a sua vida e felicidade: do que você tem alimentado as suas emoções? Se não conseguiu responder de imediato essa pergunta, nós precisamos conversar!

Emoções

As nossas emoções são muito complexas. Está cada vez mais difícil assumir sentimentos porque, nessa sociedade atual, eles são tidos como fraquezas por muitos. É então quando você passa acumular bons e deixar florescer maus sentimentos. Você já pensou como é boba a ideia de ter vergonha de sentir-se apaixonado por alguém? Ou de demonstrar carinho publicamente? Sem que você perceba, abre espaço para a negatividade, mesmo que em pequena escala.

A ideia desse post é fazer um acordo com você! Um acordo de mudança a partir de hoje! Sempre falo em buscar positividade, em realizar limpezas espirituais, mas hoje quero mostrar como a dieta emocional deve ser o primeiro passo para a sua mudança. Trabalhar esse novo passo juntamente com tudo o que eu já publico aqui sempre será bem mais fluído e prático.

O que é a Dieta Emocional?

Entendemos como dieta o ato de eliminar alimentos que engordam, para sempre manter a forma de um corpo magro e saudável, concorda? Não é muito diferente quando se trata do emocional, mas com poucas diferenças. A principal delas é que não existe um formato ideal de pessoa perfeita. Você não precisa ser de determinada forma, encaixar-se em um padrão de emoções para estar saudável.



A Dieta Emocional vem com a proposta de você aprender a desenvolver mais os seus bons sentimentos em vez dos maus sentimentos. Você se alimentará mais do que eleva o seu pensamento, o seu espírito e seu psicológico no lugar de dar espaço para raiva, negatividade, rancor e outros sentimentos do tipo. Você não deixará de senti-los, mas não dará intensidade para nenhum deles.

Ainda está um pouco confuso? Dá uma olhada nessa prática da Dieta Emocional.

O ressentimento faz parte da sua vida? Livre-se dele!

Quando você briga com alguém, principalmente uma briga séria, com o passar dos anos você continua sentindo mágoa e raiva daquela pessoa? O ressentimento é, infelizmente, algo tão constante em nossas vidas que nem percebemos como ele nos faz mal. Sem que você perceba, o ressentimento é alimentado em você, criando uma série de outros sentimentos ruins.

Perdoar é difícil, mas é demasiadamente necessário! Pratique isso aos poucos. Tente livrar-se da mágoa em sua vida. Perceba a leveza emocional que ela traz. Mágoa e rancor são lixos mentais e jamais devem ser acumulados em seus dias. Você não precisa voltar a conviver com a pessoa que lhe fez algo ruim, mas além de eliminá-la da sua vida, elimine também todos os sentimentos que ela lhe proporciona.

Como mudar?

A mudança não é um processo rápido e simples para todos. Ela varia de pessoa para pessoa e o importante é sempre manter o foco. Expliquei como melhorar as suas emoções já em outros posts que são ótimos para praticarem neste momento. Vale a pena ler novamente sobre os 5 passos para você realizar um Detox emocional e ser feliz completamente, onde ensinei sobre eliminar alguns sentimentos que são bem válidos para começar a sua Dieta Emocional.

A mudança está completamente ligada à libertação. Deixe o ressentimento passar. Quando você o elimina da sua vida, tira um peso imenso e abre espaço para tantos outros sentimentos bons e válidos.
Reflita um pouco

Pare todos os dias por alguns minutos e responda o que você mais deseja em sua vida. Faça essa pequena meditação para saber quais são os seus desejos. Depois, pergunte-se também o que você está fazendo para alimentar esses sonhos e essas mudanças. O mesmo acontece com nossos sentimentos. Tudo é um elo. Cada perda e cada ganho de nossos dias refletem positivamente ou negativamente em nossas emoções.

Então repito a pergunta o título desse post: como você tem alimentado a sua vida? No final da jornada, você verá que foi tudo uma questão de escolha. Passe a se alimentar a partir de hoje principalmente do que é bom. Os sentimentos ruins? Não podemos fugir deles, mas precisamos recicla-los!


Veja na Loja Virtual Dhonella, muitos produtos que ajudarão nesse processo de mudança e positividade!



Comentários

Adicionar comentário

Busca no Blog

Siga nos no Instagram!

Formas de pagamento
Formas de pagamento
Opiniões V.
Segurança
Internet Segura
GeoTrust
Secured by RapidSSL