Palo Santo: tudo sobre esse incenso sagrado

Publicado em 03/10/2017

O Palo Santo é uma árvore considerada sagrada. Parte da sua madeira é utilizada como incenso e queimada naturalmente. Você pode achar um pouco diferente daqueles palitinhos que geralmente queima em casa e deixam um aroma bastante agradável. Contudo, esses gravetos também possuem um grande poder energético para seu espaço, além de deixarem qualquer ambiente com um cheirinho muito bom.

Neste post quero tirar algumas dúvidas dos meus leitores que sempre me questionam sobre o Palo Santo. Explicarei um pouco da sua origem e como utilizar essa madeira sagrada. Veja.

Origem do Palo Santo

Desde muitos séculos os povos Incas já utilizavam a madeira do Palo Santo. Os poderes dessa árvore também são amplamente explorados por Xamãs e Curandeiros de toda a América Latina e outras regiões do mundo. É muito comum encontrar esse tipo de madeira pelas Ilhas Galápagos, assim como regiões de florestas mais secas, como é comum pelo Peru, pela Bolívia, Brasil e Equador.

Os primeiros rituais utilizando o Palo Santo pela América do Sul foram realizados pelos Xamãs Incas, como citei mais acima. Esses rituais tinham como finalidade afastar a negatividade, trazendo mais espiritualidade para esses povos.

É possível também observar que os indianos utilizam igualmente o Palo Santo, mas apenas em casamentos. A crença conta que o casal, sem nenhuma testemunha, deve escolher um local e plantar uma árvore de Palo Santo. Dessa forma os deuses abençoarão a união e ela durará para sempre.

Conta-se que uma árvore de Palo Santo vive cerca de 90 anos. Após esse período a madeira ainda precisa ficar na terra por mais 7 anos para que fique pronta para virar incenso ou óleo essencial. É exatamente dessa conexão da madeira em decomposição com a terra em que a árvore estava plantada que os poderes da madeira são adquiridos.

Poderes espirituais e medicinais

O aroma doce do Palo Santo muitas vezes sequer denuncia o poder de sua fumaça. A madeira é muito indicada para tratamentos espirituais e da medicina alternativa, trazendo não apenas o bem-estar físico, como a restauração e purificação da sua energia.

Dá para utilizar o Palo Santo com diversas finalidades. Destaquei algumas:

  • Melhorar o humor;
  • Trazer mais equilíbrio e harmonia para seus dias;
  • Limpeza de ambientes, eliminando espíritos com vibração mais baixa. Esse processo deve ser feito com a fumaça do incenso;
  • Tratamento de feridas na pele, como cortes e machucados externos. Isso é feito com um óleo essencial extraído da própria madeira;
  • Tratamento para problemas de estômago, com a madeira em decocção;
  • Redução de dores musculares;
  • Contraceptivo natural;
  • Massagem relaxante para ativar a circulação sanguínea;
  • Tratamento de doenças como dores musculares, artrose, artrite e outras. Quando diluído em álcool você pode utilizar o Palo Santo para aplicar em articulações.

É possível encontrar muitas outras funções medicinais e espirituais para o Palo Santo. É mais que indicado também utilizar o incenso em meditações ou momentos de orações mais profundas.

Como utilizar o Palo Santo

Agora que você já conhece as principais finalidades do Palo Santo, nada melhor do que começar a utilizá-lo em seu dia a dia!

Se optou por queimar um graveto, é preciso acendê-lo com atenção. Se acender apenas por um instante e não formar uma pequena tocha, provavelmente o seu incenso apagará em poucos minutos.

Para limpezas energéticas basta ir passando o incenso de Palo Santo por cada canto da sua casa ou do corpo da pessoa, sempre mentalizando o que você deseja. Depois deixe o seu incenso queimar naturalmente em um espaço sagrado, como um altar, mesmo que improvisado. Caso ele não queime até o fim, na próxima limpeza basta utilizar a mesma madeira.

Você já conhecia o Palo Santo? Conta para mim o que achou desse incenso poderoso!

Comentários

Adicionar comentário

Busca no Blog

Siga nos no Instagram!

Formas de pagamento
Formas de pagamento
Opiniões V.
Segurança
Internet Segura
GeoTrust
Secured by RapidSSL