0
Meu carrinho
Carrinho Vazio
22/12/2022

 

 

Tudo que você precisa saber sobre as energias telúricas



 

Originado no latim, o termo telúrico significa, literalmente, “terra”, e essa é uma explicação suficiente para começar a entender como as energias telúricas surgem. As vibrações geradas pela terra, como solo e como planeta, se desdobram em movimentos e energias que podem interferir em nossa vida constantemente.

 

Assim como todas as energias que surgem no centro da terra, as telúricas atingem seres vivos, plantas, animais e, principalmente as homens. Carregar-se dessa energia pode ser positivo, como nos casos de magnetismo e conexão, ou negativo, quando estamos posicionados em cima de veios d’água subterrâneos.

 

Existem inúmeros problemas que podem surgir quando não percebermos a má influência dessa situação negativa em nossas casas. Para te ajudar a se livrar dessa situação, e aplicar a radiestesia da forma certa, a Dhonella preparou um guia prático sobre tudo que você precisa saber para não se tornar uma vítima das energias telúricas. Venha conferir!

 

Como perceber as energias telúricas em um ambiente?

 

Uma sequência de noites mal dormidas, com pesadelos, em que você acorda repentinamente várias vezes e não consegue acordar sem aquela sensação de cansaço constante, pode sim ser resultado da influência negativa das energias telúricas. Mas não se preocupe, existem formas de identificar e se livrar completamente dessa situação.

 

Em culturas tradicionais, em um passado não muito distante, existiam inúmeras “regras” a se cumprir antes de construir uma casas, vilas e até mesmo cidades. Povos antigos respeitavam a natureza e todas as suas “exigências”, por isso, a investigação dos solos era algo essencial para surgir um novo lar.

 

Para encontrar o solo perfeito para erguer sua residência, era necessário observar os animais naquele espaço escolhido e, a partir de suas atitudes, como o local onde eles se deitavam, era possível entender que esse não era um local insalubre ou que levaria má sorte para a família.

 

Mas não se preocupe, você não precisa abandonar sua casa ou comércio caso não tenha esse conhecimento sobre o histórico do terreno. Atualmente, a geobiologia é capaz de cruzar informações astrofísicas, biológicas, esotéricas e radiestésicas para encontrar alternativas de limpas os problemas que podem surgir.

 

Pontos geopatogênicos e tecnológicos

 

Os estudiosos da geobiologia indicam que alguns pontos devem ser evitados em relação às energias telúricas. Esses locais se dividem em geopatogênicos, quando a ligação negativa vem com o solo, e tecnológicos, quando as intervenções energéticas podem acontecer por tecnologias que estão presentes no espaço.

 

Os pontos onde a terra está “doente” são ligados a veios d’água, rios subterrâneos, cruzamentos entre rios, fissuras, cavernas ou galerias geológicas, poços e tubulações. Caso sua casa, apartamento ou negócio seja construído na superfície desses pontos, evite posicionar salas de reunião, quartos e escritórios diretamente em cima deles.

 

Aparelhos eletrônicos também costumam ser problemáticos quando a exposição a eles é muito constante, e como não podemos evitá-los totalmente, pense em limitações de horário. Durante o trabalho, busque ficar apenas em frente ao computador, ou ao celular, ou a televisão, nunca os três ao mesmo tempo.

 

Em casa, elimine as televisões dos cômodos onde você dorme e descansa. Separe também um espaço sem interferência eletrônica, como um closet, o canto da meditação ou até mesmo um ambiente reservado à espiritualidade, onde suas mandalas sejam expostas, e cristais e incensos possam se purificar por completo.

 

Harmonizando os ambientes com a radiônica

 

Conhecer as possibilidades da radiestesia e da geobiologia para entender os campos energéticos é muito importante. Mas para realmente solucionar os problemas negativos que a energia telúrica é capaz de levar para nossas casas e empresas, é preciso apostar nas alternativas radiônicas.

 

A radiônica utiliza diferentes métodos para aplicar essas curas de ambiente, e recursos como as chapas de cobre e chumbo são sempre bem-vindos – assim como as hastes de cobre enfiadas dentro da terra. Mas o principal método de limpeza vem dos gráficos e placas radiônicas.

 

O processo se inicia com a busca dos espaços onde a influência telúrica está presente. Com o auxílio de um instrumento dual rod você busca nos ambientes por locais onde os dois metais do equipamento se cruzam. Após a identificação da presença dessa possível força telúrica, é necessário aplicar placas de radiestesia para modificar essa energia.

 

Essas placas podem ser posicionadas embaixo da cama, na entrada das portas, nas paredes e onde mais sua intuição sinalizar ser importante. Lembre-se de dar sempre preferência para os gráficos de luxor, principalmente para camas de solteiro, camas de casal, ou bloqueios mais difíceis de se construir.

 

 

A radiônica não oferece seu equilíbrio energético apenas quando bloqueia os aspectos ruins da energia telúrica, ela também é capaz de prover uma harmonia completa nos ambientes onde suas técnicas estão aplicadas. Quando combinada a cristais e uma terapia com as pedras, seu poder se potencializa ainda mais!

 

A influência das energias telúricas se tornaram uma grande preocupação com o desenvolvimentos dos estudos que englobam a geobiologia e radiestesia. Mas, assim como nos diversos âmbitos da espiritualidade, essa iluminação também vem acompanhada de soluções incríveis para quem sofre com a negatividade dessas energias.